terça-feira, 8 de julho de 2014

Post da escrava do dono do blog a todos os Senhores e Senhoras que se interessarem.

Boa noite, meu Senhor ficou muito satisfeito com o primeiro gang bang realizado pelo d4swing.com e com seu sucesso que superou suas expectativas. Devido ao grande sucesso e agora que estou completamente recuperada irá acontecer a "SEGUNDA EDIÇÃO" do gang bang. A primeira contou com 30 homens e 6 mulheres nesta segunda meu Senhor resolveu me por mais a prova ainda. Serão 60 homens (Exatos) e as mulheres (seja para apenas olhar ou me usar) são de quantidade livre. Acontecerá novamente daqui a 1 mes exato. Quem tiver interesse em me usar no gang bang basta fazer as seguintes coisas:
1 - Seguir nosso blog (este blog)
2 - Comentar "Eu desejo participar" aqui nesta postagem 
3 - Enviar uma mensagem dizendo tamanho (cm) do penis - idade e cidade que mora para o e-mail casalveeg@hotmail.com
4 - Confirmaremos sua presença e combinaremos hora e local exatos.
No gang bang serei Escrava (sem limites) de todos os participantes como sou de meu Senhor. Poderão me usar como quiserem (sexualmente) - me torturar (de qualquer forma incluindo agulhas) - me bater (spanking leve - medio ou hard como desejarem) e me humilhar de qualquer forma que desejarem.
A unica clausula que meu Senhor coloca como obrigatoriedade é que me usem brutalmente como se eu fosse uma prostituta.
Os 30 homens presentes no primeiro gang bang tem vagas preferenciais garantidas caso haja desistência completamos com os novos. Aguardo contato, meu Senhor e eu agradecemos.

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Agradecimento a todos que participaram do Gang Bang a que meu Senhor me submeteu!

Meu Senhor gostaria de agradecer a todos os 30 homens e 6 mulheres do D4 swing que participaram do nosso Gang Bang e me usaram por mais de 8 horas sem parar! Foram todos muito prestativos e educados. Gostaria também de informar que minha recuperação está sendo relativamente rápida após o sangramento que teve no meu cuzinho e na minha buceta durante o gang. Me usaram de todas as maneiras imagináveis e meu Senhor gostou principalmente das humilhações e torturas que me foram infringidas durante o mesmo. Tomei urina, vomito, comi fezes, lambi o chão sujo de urina, vomito e até sangue, limpei o vaso sanitário com a lingua, apanhei muito e por ai vai, meu corpo ainda está todo roxo principalmente seios e bunda onde me apertaram e bateram com muita força. Obrigada novamente a todos que participaram, foi perfeito. Meu Senhor ficou muito satisfeito. Pedimos desculpa aos que não participaram mas já adiantamos que terão uma nova chance. Logo que me recuperar totalmente meu Senhor fará outro gang bang comigo porém desta vez com o dobro de homens, 60! Todos que participaram desta primeira vez terão seu lugar garantido se quiserem e serão abertas 30 novas vagas para participar. Aguardem. meu Senhor está selecionando fotos do gang para postar a vocês.

A quem interessar link do nosso D4 swing: https://d4swing.com/casaliniciante2012

Agradecimento a todos que participaram do Gang Bang a que meu Senhor me submeteu!

Meu Senhor gostaria de agradecer a todos os 30 homens e 6 mulheres do D4 swing que participaram do nosso Gang Bang e me usaram por mais de 8 horas sem parar! Foram todos muito prestativos e educados. Gostaria também de informar que minha recuperação está sendo relativamente rápida após o sangramento que teve no meu cuzinho e na minha buceta durante o gang. Me usaram de todas as maneiras imagináveis e meu Senhor gostou principalmente das humilhações e torturas que me foram infringidas durante o mesmo. Tomei urina, vomito, comi fezes, lambi o chão sujo de urina, vomito e até sangue, limpei o vaso sanitário com a lingua, apanhei muito e por ai vai, meu corpo ainda está todo roxo principalmente seios e bunda onde me apertaram e bateram com muita força. Obrigada novamente a todos que participaram, foi perfeito. Meu Senhor ficou muito satisfeito. Pedimos desculpa aos que não participaram mas já adiantamos que terão uma nova chance. Logo que me recuperar totalmente meu Senhor fará outro gang bang comigo porém desta vez com o dobro de homens, 60! Todos que participaram desta primeira vez terão seu lugar garantido se quiserem e serão abertas 30 novas vagas para participar. Aguardem. meu Senhor está selecionando fotos do gang para postar a vocês.

A quem interessar link do nosso D4 swing: https://d4swing.com/casaliniciante2012

sábado, 12 de abril de 2014

Terceiro dia de minha namorada putinha dando e servido a seu pai na fazenda!

DEDICADO A: jean "wolverine' corvo

Agora irei relatar a vocês como foi o terceiro dia que levei minha namorada para ela ser escrava de seu pai na fazenda.

Fisicamente: 155cm de altura - 45kg - 99cm de bunda - seios de pequenos a médio - pés numero 34 - coxas grossas - pernas torneadas - cintura bem fininha - barriga definida mas não malhada - rosto de menina de 15 anos - cabelos compridos lisos.

RELATO 100% REAL. SÓ PUBLICAMOS OQUE ACONTECE CONOSCO, NENHUMA PALAVRA É INVENTADA.

Desta vez acordei lá pelas 10h e minha namorada ainda dormia, acordei ela cuspindo em seu rosto e imediatamente ela levantou, se ajoelhou e começou a chupar meu pau pois é oque ela deve fazer assim que acordar toda manha.

Chupou até eu gozar em sua boca, mandei ela ir se arrumar foi até o banheiro se maquiou, penteou o cabelo e tudo mais. Voltou ainda nua e me perguntou “Senhor que roupa devo usar?" Respondi que iria pensar e que enquanto isso ela deveria virar de costas para mim, empinar bem a bunda e enfiar em seu cu um tubo de desodorante nívea aerosol inteiro que havia ali perto. Ela se virou e enfiou todo o vidro após isso começou a tirar e colocar rapidamente enquanto eu pensava. Decidi que ela usaria uma bota de salto 20cm muito fino, uma legging branca totalmente trasparente e muito apertada e uma segunda pele branca transparente também sem nada por baixo. Ordenei que ela vestisse a bota, a calça e viesse até mim com dois prendedores nas mãos e a blusa.

Quando me trouxe os prendedores coloquei um em cada bico dos peitos dela e mandei ela colocar a blusa por cima. Ficou lindo, aquela blusa apenas sobrepondo seu corpo todo nu com os prendedores. Não tapava nada ficou compeltamente visível. Coloquei a guia em sua coleira e a puxei de 4 até a sala. Lá liguei para o nosso taxista (usamos somente o mesmo taxi do ultimo dia) e ele falou que levaria uns 15 minutos para chegar. Enquanto esperamos mandei ela ficar de pé na frente da janela para que quem passasse na rua visse ela vestida daquele jeito e encoleirada. Passaram algumas pessoas, uns nem notaram outros até tiraram foto e o taxi chegou. Puxei ela pela coleira até o taxi e dessa vez ela entrou direto na frente. Assim que entramos o taxista me cumprimentou e deu um tapa no rosto dela muito forte e ordenou que tirasse a roupa rapido. Ela tirou tudo e ficou nua ele com as duas mãos apertou os prendedores dos seios dela com muita força. Em seguida abriu sua calça e puxou a cabeça dela até o fundo do pau dele ela soluçava e ele mantinha a cabeça dela no fundo. Tirou para ela respirar 10 segundos e colocou denovo mas dessa vez prendendo a respiração dela pelo nariz com uma mão. Enfiou todo o pau com tudo novamente na boca dela e a segurou por tanto tempo que ela ficou roxa e só soltou quando viu que ela ia desmaiar. Fez isso várias vezes até gozar (parados em frente a nossa casa) depois abriu o porta luvas, pegou uma chibata e começou a bater nos seios dela. Deu exatas 55 chibatadas em cada seio dela e os prendedores não cairam, os peitos dela ficaram muito vermelhos e inchados pela quantidade e força que ele usou para bater. Depois disso colocou ela de 4 com as mãos no vidro enfiou de uma só vez o pau no cu dela e literalmente socou na buceta dela uma latinha de coca cola que tinha no porta copos. Quando ele colocou pos muita força e enfiou a latinha com tudo na buceta dela ela gritou muito alto e começou a chorar de dor e ele comendo o cuzinho dela sem pena, puxando os cabelos dela com muita vontade que parecia que ia arrancar!
Algum tempo depois tirou seu pau do cu de minha namorada e todo sujo de merda colocou novamente no fundo da garganta dela tirava e colocava muito rapido até sair todo limpo. Depois pegou a bacia da ultima vez e disse a ela "Vomita aqui, agora, rapido!" Ela imediatamente colocou 3 dedos na garganta e vomitou. Ele ordenou que ela vomitasse mais então fez e repetiu o ato até o taxista dizer que estava bom quando havia enchido quase toda a bacia. Depois disso colocou a bacia no colo dela, mandou ela segurar e mijou dentro da bacia. Pegou um canudo daqueles grossos colocou na bacia, colocou dentro da boca dela, tapou o nariz dela com os dedos e disse "Tu só vai respirar depois que tomar toda essa bacia de vomito e mijo e se tu sequer pensar em abrir a boca para respirar tu vai apanhar tanto que eu não duvido que tu desmaie e mesmo assim vai continuar apanhando ouviu vadia? Então pensa bem antes de me desrespeitar! Ela respondeu "Sim senhor, só irei respirar depois que tomar todo seu precioso liquido". E começou a chupar o liquido pelo canudo. Chegou na metade da bacia já não aguentava mais, mas o taxista estava ali cuidando e se masturbando se ela parasse ele iria começar a bater nela brutalmente. Então ela continuou, quase desmaiou de falta de ar mas conseguiu terminar. O taxista então colocou ela de 4 novamente e comeu a bucetinha dela até gozar lá dentro. Mandou ela ficar nua até chegarmos na rodoviaria. Chegando lá ela vestiu a calça transparente, a bota e a blusa e descemos comigo puxando ela de 4 pela guia. Compramos as passagens e subimos no onibus, fomos até a ultima fileira e lá ordenei que ela tirasse toda a roupa, ficasse só de bota. Ela me olhou e disse "Senhor, e se vier gente aqui para trás e me verem nua?" Eu nesse momento dei um tapa em seu rosto e disse "Tu vai me desobeder vagabunda? pra que tu serve? me obedece! E se alguém te ver assim provavelmente vá te chantagear pra te usar e pronto. Mas não tem problema afinal é só pra isso que tu serve!" Ela respondeu "Sim senhor, me perdoe por ter hesitado em obedecer irei tirar toda minha roupa imediatamente! Algo mais que o senhor deseje? Por favor perdoe-me senhor" Eu respondi "Por enquanto não, agora nua!" Ela tirou toda a roupa e eu mandei que ela ficasse se masturbando com 3 dedos na buceta e dois no cu sem parar mesmo que alguém visse. Subiram algumas pessoas no onibus mas todos ficaram lá na frente. Algumas paradas depois subiram dois gurizinhos que aparentavam ter uns 12 - 13 anos com o uniforme de um colégio aqui de nossa cidade e vi que eles estavam vindo para o fundo se sentar. Como estavamos nos ultimos bancos que são aqueles de 5 juntos eles chegaram e só quando estavam no penultimo banco viram minha namorada totalmente nua se masturbando loucamente.. disfarçaram e se sentaram na mesma fileira que a nossa do outro lado dos bancos ficando 1 banco vago entre minha namorada e os dois guris. Disfarçadamente eles olhavam todo segundo para ela.. até que um deles falou comigo "Oi, tudo bem? Podemos tirar uma foto da tua... escrava??" Eu respondi que sim, que podiam. Logo eles se assanharam e tiraram a foto dela nua se masturbando.. perguntaram se poderiam toca-la eu respondi que poderiam fazer tudo que quisessem com ela. Eles me olharam e perguntaram os dois juntos "Qualquer coisa??" eu disse que sim e disse para eles virem mais para perto. Começaram logo a apertar os peitos dela, beijaram ela na boca.. então eu mandei ela se ajoelhar entre os bancos e chupar o pau de um deles até goar enquanto batia punheta pro outro. Ela abriu o ziper dos dois e começou a fazer logo o que ela tava chupando gozou dentro da boquinha dela então ela começou a bater para esse e chupar o outro tudo isso dentro do onibus nua.. o outro logo gozou também e o que gozou primeiro pediu para comer a bucetinha dela então deitei ela no meu colo o gurizinho abriu as pernas dela e começou a meter na bucetinha dela enquanto ela continuava se masturbando no cuzinho. Meteu bem rapido até gozar lá dentro também e tirou, o outro meteu até gozar também e tirou. Ela chupou novamente os dois de novo e voltou a se masturbar sentada. Os dois me agradeceram e voltaram para seus bancos deixando um vago entre os nossos. Escutei eles conversando e dizendo que iam contar pros amigos e tal e que depois que gozaram ficaram com muita vontade de mijar então chamei eles "Guris, venham aqui.. ouvi vocês dizendo que ficaram com vontade de mijar depois de gozar não é?" responderam, "bom.. é sim, sempre ficamos" então eu disse não por isso.. podem mijar na boca dela um de cada vez.. ela vai engolir todo o mijo de vocês." Eles ficaram com cara de espanto e um deles tirou o pau pra fora na hora colocou a cabeçinha na boca de minha namorada e começou a mijar dava pra ver as bochechas dela inchando com o mijo e esvaziando quando ela engolia. O primeiro fez tanto xixi que eu achei que ela não iria conseguir engolir tudo mas conseguiu, assim que o primeiro terminou ela chupou ele para ficar bem limpo e o segundo logo colocou também a cabeça do pau na boca dela e mijou tudo que podia tão rapido que ela chegou a engasgar. Depois ela também chupou ele e disse assim que terminou "Obrigada senhores, por me sederem seu liquido precioso. Sempre que precisarem estarei a disposição". Eles riram e se sentaram. Até nossa parada ela continuou nua, "sentada" de pernas arregaçadas se masturbando com 3 dedos na buceta e 2 no cu muito rapidamente.
Uma parada antes da nossa ordenei que ela chupasse seus dedos que estava se masturbando e que se vestisse. Ela chupou, se vestiu e descemos do onibus. Como quando entramos não havia ninguém no onibus ninguém havia visto ela com os prendedores nos peitos, a roupa totalmente transparente e sendo puxada pela guia. Quando saimos todos olharam para nós, alguns com tesão, outros pensando oque estava acontecendo.. Descemos e lá estava o pai dela.
Assim que descemos antes mesmo do onibus arrancar ela se ajoelhou e começou a lamber a sola das botas do pai dela que estava sujo até em cima de merda de vaca mole.. foi uma nojeira de ver ela comendo aquilo.. Depois ele mandou que ela ficasse em posição de avaliação na beira da estrada mesmo (de pé, na ponta dos pés com os braços cruzados atrás da cabeça e com as pernas bem abertas) e perguntou se alguém tinha comido ela no caminho pois estava toda gozada a calça, a buceta e o cu dela. Eu contei que o taxista e os dois meninos tinham comido e abusado dela ele riu e deu 10 cintadas na bunda dela e disse "Só pra lembrar a puta inutil que tu é sua vadia!" colocou ela de 4 e puxou ela pela guia até uma corda de uns 5m amarrada no engate de reboque da caminhonete. Deixou ela nua só com os prendedores nos peitos e as botas, pegou a corda e amarrou na cintura dela muito apertado aquelas cordas antigas que assa quando roça, disse a ela que dessa vez ela iria até a casa (uns 7km estrada de terra toda cheia de lama abaixo da faixa) correndo atrás do carro e que se ela parasse seria arrastada e quando chegasse levaria uma surra pior que a das outras vezes. Ela respondeu somente "Sim Senhor, como quiser". Lembrando que ela estava com uma bota de salto fino 20cm.. Subi no carona e meu sogro começou a dirigir puxando a filha dele em meio a barro, terra e pedras completamente nua. Começamos indo bem devagar 10km/h.. andamos 1km assim ele subiu para 20km/h mais 1km assim no resto do trageto andavamos a 35 - 40km/h o tempo todo e ela correndo atrás chorando, com muita dor tropeçando no barro. Chegamos lá ele estacionou e descemos, foi lá desamarrou ela e vimos que aonde a corda estava amarrada na cintura havia assado muito e ficou uma marca. Puxou ela pela coleira levou-a para o banheiro e a mandou tomar um banho pois estava toda suja de barro. 10 minutos depois ela desceu totalmente nua inclusive de pés descalços se ajoelhou em nossa frente na sala e ficou quieta. Ele logo disse a ela "Hoje somente nós dois e alguém muito especial vamos te usar mas tu vai ficar muito acabada sua vadiazinha!" Ele então colocou ela de 4 e enfiou todo seu pau a força no cu dela enfiou e tirou brutalmente a fazendo chorar e gritar de dor até gozar. Depois fez ela chupar a merda do seu pau e mijou também na boca dela. Pegou ela pela guia e puxou-a até o estabulo de 4. Chegando lá abriu a porteira do estabulo e para nossa surpresa havia um cavalo crioulo (com aquele penis gigante que os cavalos tem) amarrado nas 4 patas esperando. Ela olhou e ficou muito assustada com medo do que iria ter que fazer então me sogro puxou ela de 4 até bem perto do cavalo pegou uma bacia e disse "Filinha ajoelha que tu vai chupar o cavalo até ele gozar na tua boca e tu não vai parar até sair a ultima gota entendido? Tudo que tu não conseguir engolir vai cair nessa bacia que tu vai tomar depois! Toma" e jogou a bacia nela. Ela imediatamente pegou o pau do cavalo com as duas mãos e começou a colocar só a cabeça na boquinha porque não entrava mais e meu sogro ordenou que ela enfiasse mais que queria ver o pau do cavalo atravessando a garganta dela e logo ela enfiou mais vomitou, o vomito caiu na bacia, mas foi lindo de ver o pau do cavalo passava visivelmente pela gargantinha dela até que o cavalo gozou ela engoliu uma boa quantidade de porra mas a maior parte caiu na bacia e ela ficou toda melecada nos peitos e no rosto. Meu sogro ordenou que a filinha dele engolisse toda a porra que tinha caido na bacia e se misturado com o vomito e ela tomou derramou um pouco nos peitos mas tomou tudo. Depois disso meu sogro cuspiu no rosto dela e mandou ela ficar de 4 pegar o pau do cavalo e enfiar mais da metade na bucetinha dela. Ela insistiu que não entraria mais da metade pelo fato de ser muito grosso e grande mas meu sogro mandou-a calar a boca e colocar o pau do cavalo dentro da buceta e ela colocou. Só de entrar a cabeça extremamente grossa ela já sentiu uma dor horrível e meu sogro só ordenando que ela enfiasse mais. Quando ela disse que não tinha mais como entrar ainda faltava uns 15cm para chegar na metade então meu sogro pediu para eu segura-la pela frente com força foi até a bunda do cavalo e deu um tapa muito forte que fez com que o cavalo se mechesse para frente enfiando assim mais uns 20cm na buceta dela (Não sei como entrou..) nesse momento ela gritava sem parar e a buceta dela sangrava um pouco mas ela não parou de rebolar e de masturbar o cavalo até que ele gozasse. Quando ele gozou novamente dessa vez lá dentro meu sogro puxou-a pelos cabelos com força para frente fazendo com que o pau do cavalo saisse todo na hora da bucetinha dela e deixando muita porra escorrer para fora parecia uma cachoeira.. ela imediamente sem ninguém mandar com a buceta toda arrombada se curvou e lambeu toda a porra que havia caido no chão da buceta dela. Depois disso meu sogro colocou-a novamente de 4 embaixo do cavalo e mandou que sua filhinha enfiasse o pau inteiro do cavalo no seu cu e assim ela fez gritando, chorando, esperniando mas fez. Então meu sogro colocou ali uma camera que transmitia ao vivo para uma tv dentro da casa e disse a ela "Quero que tu fique rebolando sem parar por 30 minutos com o pau do cavalo todo dentro do teu cu, vamos estar olhando lá de dentro de casa se tu parar um segundo se quer tu vai te arrepender." E fomos para a sala e ficamos assistindo. Ela não parou de rebolar, teve caimbras e tudo mais mas não parou. 45 minutos depois voltamos e ele disse a ela que poderia parar e puxou ela novamente o cavalo ja havia gozado dentro do cu dela saiu muita porra para fora e ela não teve forças para lamber. Caiu no chão e não podia nem se mexer de tão arrombado que estava seu cu. Meu sogro ordenou que ela se curvasse e lambesse toda a porra do chão mas ela disse "Não, por favor pai eu não consigo não consigo me dobrar meu cuzinho doi demais." Imediatamente meu sogro tirou o cinto e começou a dar cintadas na bunda e nos peitos dela e disse "Agora tu só vai parar de apanhar quando esse chão estiver todo limpo só com a tua lingua! Começa!" ela chorando se curvou e começou a lamber nessa hora fui ver seu cu e estava absurdamente arrombado. Não sabia nem se ia voltar ao normal.. ela terminou de lamber tudo e meu sogro parou de bater nela. Levamos ela arrastada pelos cabelos até o banheiro a jogamos no box, mijamos na boca e no corpo dela e ordenamos que ela tomasse um banho e se arrumasse com a roupa que estaria no quarto a esperando.

Meu sogro havia deixado no quarto um microvestido tomara que caia todo grudado no corpo que ele mesmo havia diminuido 15cm do comprimento para ficar acima da metade da bunda e um sapato de salto 20cm. Ela desceu estava linda, com o vestido branco o sapato, a coleira, a guia na boca, o cu e a buceta completamente arregaçados e marcada do spanking na bunda e nos peitos. Ela desceu e foi direto lamber os sapatos de seu pai. Ficou lambendo por uns 25 minutos e chegou a hora de irmos embora.

Como de costume ele nos levou até a faixa e nos deixou lá esperando o onibus desta vez decidi fazer algo diferente e ordenei que ela ficasse de 4 com a bunda bem empinada rebolando no acostamento até o onibus chegar. Ela ficou rebolando por uns 15 minutos e o onibus veio, fiz sinal e ela continuava de 4 rebolando. O onibus parou eu peguei ela pela guia e subimos no onibus. Chegando no fundo mandei que ela abrisse bem as pernas e se masturbasse com 3 dedos na buceta e 2 no cu até chegarmos na rodoviaria. Ela fez e ao chegar lá descemos comigo puxando ela pela guia novamente até o taxi e do taxi fomos para casa.

Este foi o 3 dia que levei minha namorada para o sítio de meus sogros. Se quiserem mais basta pedir que eu conto. Já fomos vários outros dias e ela foi submetida a loucuras inimagináveis! Agora ela até gosta!

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

"Essa é a minha mulher - quero ver alguém comendo ela em nossa cama - Somos de POA"





















Exibicionismo, gang bang e bdsm de minha namorada/escrava no supermercado.


Gostaríamos de saber sua opinião sobre esses relatos, se gostariam que continuássemos ou não. Por favor, comentem e digam sua opinião!

Relato 100% Real, Nenhuma palavra inventada. Qualquer dúvida estou a disposição para contato pelos comentários ou e-mail.

Fisicamente: 155cm de altura - 45kg - 99cm de bunda - seios de pequenos a médio - pés numero 34 - coxas grossas - pernas torneadas - cintura bem fininha - barriga definida mas não malhada - rosto de menina de 15 anos - cabelos compridos lisos.

No dia 25 de fevereiro acordei pela manha e mandei ela vestir somente uma segunda pele branca trasparente que mostrava totalmente os peitos dela, a coleira que seu pai a mandou usar sempre com uma guia para eu puxa-la como cadela, uma saia que o comprimento total desde a cintura é de 12cm que mostra até a metade do cu por mais que ela tente esconder e uma sandália de salto muito fino 20cm, prender o cabelo estilo rabo de cavalo e se arrumar. Feito isso ela voltou, ficou de pé ao lado da cama onde estava deitado com as mãos cruzadas atrás da cabeça e falou "Senhor, estou pronta para sua avaliação" então sentei na cama e comecei a olhar para ela desde os pés com as unhas pintadas, salto, pernas e coxas totalmente depiladas, baixei a saia para olhar a buceta e o cu dela estava tudo certo, nesse momento fiquei de pau duro e disse "De joelhos vadia, chupa meu pau como uma puta até eu mandar parar" e ela começou a chupar enfiando tudo até a garganta. 5 minutos depois puxei ela pelos cabelos, deixei-a de pé e disse "Encosta na parede e empina esse rabo" ela fez e eu na hora meti meu pau no cu dela mesmo ela não estando exitada então doeu mais para entrar ela deixou escorrer algumas lágrimas mas nada demais. Comi o cu dela tirando e colocando rapido até gozar, quando gozei ela se ajoelhou e chupou até ficar limpo e após isso voltou para a posição de avaliação para eu terminar. Olhei o resto de seu corpo e estava tudo certo então mandei ela se arrumar novamente porque havia sujado ela com essa "rapidinha" e assim que ela voltou pegamos o carro e assim que ela subiu no carro abri o vidro peguei a guia que estava presa na coleira dela e prendi no retrovisor como fazem com os cachorros e deixei o vidro aberto para todos verem os peitos dela da rua. Chegando no supermercado descemos, peguei ela pela coleira e ela toda sem jeito desceu do carro com os peitos completamente visiveis por baixo da segunda pele e a buceta toda a mostra porque a saia nao chegava e conforme ela caminhava o cu também ficava todo a mostra. Lindo de ver. Mandei ela andar como modelo para mecher mais ainda o rabo. Então comecei a puxa-la para o supermercado, entramos e o segurança ficou olhando pelo fato de ela estar encoleirada e quase nua. Andamos mais um pouco, peguei algumas coisas e todos que passavam por nós sejam homens ou mulheres ficavam olhando, logo o segurança apareceu novamente e nos chamou pedindo para seguir com ele até a administração. Chegando lá ele perguntou a minha namorada se estava tudo bem, se ela precisava de ajuda ou algo do tipo e ela respondeu "Não, estou muito satisfeita e feliz em servir ao meu namorado e SENHOR como ele desejar 24 horas por dia. Sou escrava dele porque aceitei de bom grado e é somente para isto que sirvo, satisfazer meu dono." O segurança ficou olhando com uma cara de espantado, nos pediu desculpas e nos disse para voltar as compas. Saimos da administração e voltei a puxa-la pelo supermercado. Passamos por várias pessoas e todas paravam para olhar minha vagabunda. Chegamos no corredor do creme de leite e tinha um daqueles empregados que ficam repondo as prateleiras do supermercado, peguei 3 caixinhas de creme de leite, joguei para baixo da estante e disse pra ela "Fica de 4, empina bem teu rabo na direção daquele cara que ta repondo a estante até ele ver teu cu e tua buceta bem apertadinhos.. quando ele ver tu vai lá e pede ajuda até ele vir te ajudar a pegar as caixinhas e aí tu te oferece de qualquer forma pra ele ok?" Ela respondeu "Sim senhor, imediatamente" e ficou de 4, notei que na hora ele que ja estava olhando de canto de olho virou o rosto e ficou vidrado na bucetinha dela.. quando viu que eu estava olhando ficou meio sem jeito e voltou a empilhar coisas na prateleira, eu disse pra ela "Vai lá e pede ajuda" ela levantou e foi em direção ao rapaz e disse "Com licença moço, o senhor poderia me ajudar a pegar as caixinhas que cairam logo ali em baixo da estante?" Ele levantou olhou pra ela, foi visível o pau dele ficando duro por baixo do uniforme e parecia ser bem grande.. Então ele olhou uns minutos e respondeu "Pode deixar que eu mesmo pego depois, não se importe" Ela me olhou, levantou a saia toda com a mão pra não esconder nada e disse a ele "Por favor senhor, me ajude a pegar as caixinhas" ele olhando para a buceta dela respondeu "Claro sem problemas" ela soltou a saia e voltou em direção a mim com o rapaz logo atrás, ficou de 4 com o rabo para ele e assim que ele chegou eu disse "Eaí, queres que ela seja o teu almoço de hoje?" ele ficou com uma cara de espanto e não respondeu nada, eu perguntei de novo "Cara, tu gostaria de comer e fazer oque tu quiser com essa vagabunda?" Ele respondeu que sim, mas que não entendia. Então eu expliquei que ela era minha escrava 24/7 e que ele iria poder fazer oque quisesse com ela.. Comer o cu, a buceta, gozar dentro, foder a boca, bater, torturar, humilhar, cuspir, mijar e defecar nela e tudo mais que ele quisesse.. que ela não iria dar uma palavra contra e iria somente agradecer por estar sendo usada. Então ele ficou olhando para ela como quem não acreditasse mas disse que aceitava e que queria por favor. Então eu disse "Quantos colegas tu tem aqui, qualquer um inclusive mulheres, que gostariam de usa-la contigo?" ele respondeu "A maioria deles, no total deve ter uns 30 mas se tu quiser posso chamar alguns" eu respondi que era pra chamar TODOS e que esperaria eles perto da entrada do estoque, quando eu vi só começaram a entrar homens no estoque um atrás do outro em pouco intervalo de tempo e nenhum saindo. Ela olhando ficou super nervosa e me pediu para irmos embora eu disse "Como é que é vagabunda? tu vai deixar esses homens todos insatisfeitos? pra que tu serve? me responde pra que tu serve! Vamos ficar aqui e tu vai fazer TUDO que esses homens quiserem até eles não quererem te usar mais nem um pouco, até o ultimo deles te deixar de lado como a vagabunda que tu é." Ela respondeu "Sim senhor, perdoe meu desrespeito e ignorancia. Eu sirvo somente para satisfazer o Senhor e quem o Senhor mandar, deseja me punir agora ou quando chegarmos em casa? Eu mereço ser punida severamente, eu imploro" Respondi "Tu com certeza vai ser punida, mas quando chegarmos em casa! Verei o estado que estes homens te deixarão que provávelmente será deplorável e pensarei em uma punição aplicável entre hoje e amanha, mas tenha certeza que será algo muito severo então se prepare" Ela só disse, "ok senhor" e ficou quieta. Após entrar uns 28 homens e umas 4 mulheres o rapaz que haviamos falado voltou e foi até nós. Lembrei que havia esquecido o nome dele e perguntei, se chama rodrigo. Perguntei, está tudo pronto rodrigo? Ele disse que sim, e pediu para nós acompanharmos ele. Fomos, entramos no estoque e andamos um pouco, passando umas pilhas de caixas estavam lá todos esperando, no total eram 35 pessoas, 29 homens e 4 mulheres como falei acima, adicionando o rodrigo. Chegando lá, mandei que ela ficasse totalmente nua somente de salto e se apresentasse para eles. Ela ficou nua, entrou no meio do circulo que haviam feito entre eles e começou a dizer "Senhores e Senhoras, meu nome é XXX, tenho 18 anos, 155cm de altura, peso 45kg, tenho 99cm de bunda e meus pés são numero 34. Apartir deste momento sou simplesmente um objeto que será utilizado para a satisfação de todos vocês. Todos poderão fazer oque quiserem comigo, realizarem qualquer desejo. Farei absolutamente tudo que os Senhores mandarem e não abrirei a boca para reclamar em nenhum momento. Por favor, só me liberem quando estiverem totalmente satisfeitos." após terminar de falar ela que já estava somente de salto alto colocou as mãos atrás da cabeça e ficou aguardando ser "atacada". Antes de se quer se mecherem um dos funcionários perguntou a ela "É verdade que podemos mijar em ti e que se mijarmos na tua boca tu vai engolir tudo?" ela logo respondeu "Sim senhor, poderão mijar e defecar em mim e em minha boca que engolirei tudo, se for de seu desejo tomarei vomito meu ou de qualquer outra pessoa, farei sexo com animais, e os Senhores poderão me espancar, torturar e humilhar o quanto quiserem mesmo que eu desmaie. Fiquem avontade para me usarem. Obrigada Senhores!" Nesse momento todos tiraram as roupas e 4 avançaram nela, pegaram ela pelos cabelos e literalmente a jogaram no chão, puxaram ela pelas pernas e a cabeça dela bateu no chão com força. Foi visível a expressão dela de dor mas ela não deu um pio. Colocaram ela de 4 e na hora dois homens foram pra traz dela e foi um pra cada buraco como se ela fosse mesmo um objeto. Quando um dos funcionários enfiou o pau no cu dela ela levantou a cabeça e antes que pudesse gritar outro que estava pela frente enfiou o pau na garganta dela. Logo um entrou por baixo dela e enfiou na buceta. Para minha surpresa uma das mulheres que entrou chegou para mim e perguntou olhando para aquela cena brutal dos 3 homens fodendo minha namorada de uma forma monstruosa e os outros todos na volta dela somente esperando para aregaça-la mais ainda "Tu não tem alguns acessórios para torturarmos e espancarmos essa vagabunda? Chicotes e tal.." eu respondi que tinha sim e que ia buscar no carro. Então saí do estoque e fui ao carro, peguei a caixa que sempre deixo no carro com vários chicotes, uma cane, 200 prendedores fortes, velas e tachinhas. Peguei e voltei, levei uns 10 minutos. Quando cheguei para minha surpresa não eram mais os mesmos caras que estavam comendo ela em nenhum dos 3 lugares, ela estava chorando muito chupando outro pau e sendo arregaçada por dois outros homens negros no cu e na buceta quando fiz a volta para entregar a caixa com tudo para as mulheres vi que o cu dela sangrava quando o homem tirava e colocava o pau, mas vi também que não era por isso que ela estava chorando, sua bunda e seus peitos estavam muito roxos. Acho que quando saí os homens se soltaram e bateram muito nela. A buceta dela escorria porra, o rosto e o cabelo dela também estavam cobertos de porra. Ainda haviam uns 20 homens parados esperando para usa-la e ela já estava acabada. Duas das mulheres pegaram chibatas, uma pegou uns 50 prendedores e a outra pegou a cane. Eu olhei para a que pegou a cane e disse "Cuidado com a cane se tu não quiser que ela desmaie, se tu bater muito forte no mesmo lugar varias vezes vai sangrar muito e ela pode desmaiar" a mulher só deu risada. Enquanto os homens fodiam ela como um animal as duas mulheres que pegaram as chibatas batiam com muita força, não sei como minha namorada aguentou (nessa hora ela ja estava chorando muito, em prantos), nas costas dela a outra mulher que pegou os prendedores colocou 25 em cada peito dela que já estava super roxo e a mulher com a cane ficou só rondando.. Primeiro o homem que tava comendo o cu dela tirou o pau e pediu licença pro cara que tava fodendo a boca dela, ele saiu e o que tava no cu enfiou o pau sujo de merda na boca dela deu umas 3 enfiadas e tirou o pau, quando tirou o pau jogou muita porra no rosto e na boca dela, nunca tinha visto alguém gozar tanto. A boca dela se encheu que quase não conseguiu engolir e o rosto ficou todo esporrado. o que tava na boca foi pro cu e o da buceta foi direto no cabelo dela e gozou também. Enquanto isso as duas mulheres que pegaram as chibatas continuavam batendo nela. Assim que o ultimo cara que tava comendo ela no momento saiu do cu e gozou nela também a mulher que pegou a cane se aproximou do rabo dela e começou a bater com muita força. Cada batida que ela levava na bunda com a cane levantava vergões e deixava muito roxo na hora. Assim que ela começou a apanhar na bunda com a cane as outras mulheres pararam de bater nela e ficou só apanhando com a cane, a cada batida da cane ela dava um grito MUITO alto no estoque do supermercado e logo chegou o segurança para ver oque estava acontecendo. Quando entrou ficou estarrecido, era um homem negro com 1,70 +/- muito forte estilo rato de academia, de terno. Olhou para ela em prantos, toda machucada, gozada e usada e perguntou oque estava acontecendo! Eu conversei com ele e ele perguntou se poderia participar rapidamente pois não podia deixar seu posto muito tempo, nisso tudo a mulher da cane ainda batia na bunda de minha namorada. Quando o segurança voltou tirou as calças e mostrou pra ela o seu pau gigante devia ter uns 25cm aquilo tranquilamente e era muito grosso, mas muito mesmo. Olhei a bunda dela e estava toda vermelha, cheia de vergões e sangrando um pouco em todo lugar que a cane bateu. Ele chegou e enfiou no cu dela tudo de uma vez, tirava e colocava rapidamente e o cu dela sangrando ainda mais! Meteu até gozar, tirou o pau colocou na boca dela pra limpar ela chupou e assim que ele saiu para voltar ao trabalho ela literalmente desmaiou no chão, não apagou mas não conseguiu mais se manter de quatro e caiu deitada no chão. Nessa hora ainda tinham mais uns 15 homens prontos para fode-la desesperadamente e outros 5 que ja tinham comido ali só olhando, os outros ja haviam voltado ao trabalho. Depois disso os outros homens levantaram ela, colocaram ela de 4 novamente e todos se revezaram no cu, buceta e boca dela. A grande maioria gozou no rosto e no cabelo dela mas alguns gozaram dentro do cu e outros dentro da buceta e ela não toma pílula.. Enquanto os homens literalmente estupravam (concensualmente) ela no estoque as mulheres cuspiam no rosto de minha namorada principalmente nos olhos para arder. Umas duas horas depois disso todos os homens terminaram de usa-la. Eu a ordenei que ficasse de pé. Ela tentou e caiu de joelhos, gritei com ela para que ficasse e se mantivesse de pé e ela o fez. Ficou de pé, mal conseguia se sustentar. Olhei para ela e a situação era a seguinte:
Rosto e cabelo completamente melecados e cheios de porra, seios com os prendedores ainda hiper roxos e machucados, costas cheias de vergões das chibatadas, a buceta dela escorria porra pelas coxas e estava completamente arregaçada, super aberta entrava fácil uma bola de tênis, a bunda dela estava super machucada e marcada com vergões e roxões compridos sangrando um pouco pelo spanking de cane a que foi submetida pela caixa do supermercado, o cu dela escorria sangue de tão aberto que estava, peguei uma latinha de coca do estoque e coloquei dentro do cu dela entrou sem encostar no cu de tão arregaçado que estava. Ela mal se mantinha de pé no salto pois estava realmente acabada. Arranquei sem abrir os prendedores dos peitos dela para doer mais e ai um dos homens disse que iria ao banheiro, então eu disse "para que? se tu tem uma privada bem aqui na tua frente! Ajoelha vadia!" minha namorada se ajoelhou, abriu a boca e ficou esperando. O cara deu risada e logo foi até ela, começou a mijar na boca e no rosto todo dela, tudo que caia na boca ela engolia. Logo que ele foi, fui também e comecei a mijar nos cabelos dela. Todos os homens que estavam no estoque se juntaram,fizeram um circulo em volta dela e começaram a mijar no rosto, cabelo, peitos e em todo o corpo dela. Era tanta urina que ela chegou a quase se afogar no mijo. Depois que todos mijaram a caixa que havia batido com a cane nela perguntou se ela comia merda também. Nessa hora ela olhou com uma cara de pavor pois não aguentava mais nada e realmente não queria ter que comer merda naquele momento mas eu logo respondi que sim, que comia e que adorava! Então a caixa se agachou e defecou no chão junto com toda a porra, mijo e sangue que havia escorrido do corpo dela. Assim que terminou ficou de 4 e mandou minha namorada vir e lamber o cu dela até ficar limpo. Minha namorada assim o fez, lambeu o cu da caixa do supermercado todo até ficar bem limpinho. Com muito nojo mas lambeu, era possível ver a lingua dela toda suja de merda enquanto limpava. Então assim que terminou a caixa se levantou pegou ela pelos cabelos e fez ela se curvar bem diante a merda misturada com todo o resto, não satisfeita ela esfregou o rosto de minha namorada nessa mistura nojenta e disse "Come tudo e quando tu terminar quero ver esse chão completamente limpo sem nenhum resíduo. Come e depois lambe o chão todo e nada de usar as mãos!" Ela começou a comer e assim que engoliu o segundo pedaço de merda fez arcada de vomito então peguei rapido uma jarra que tinha ali perto e dei para ela disse que se fosse vomitar era para vomitar ali. Dito e feito, vomitou quase 1,5l dentro da jarra. Assim que parou de vomitar ordenei que tomasse tudo e depois voltasse a limpar o chão. Tomou todo o vomito novamente e voltou a limpar o chão sujo de merda, mijo, sangue e porra. Assim que terminou de limpar tudo ordenei que fosse até o banheiro do estoque para lavar somente o rosto e voltasse. Ela fez e quando voltou mandei vestir a roupa que estava usando mesmo toda gozada e mijada. Ela vestiu coloquei a guia na coleira dela e a puxei até o carro de 4. Quando passavamos nos corredores todos olhavam ela de 4 toda mijada e gozada com a bunda e os peitos super marcados e roxos e as costas muito vermelhas e sem falar do cu e da buceta completamente arregaçados. Todos ficaram olhando espantados até chegarmos no carro. Ao chegar em casa preparei um banho de banheira com sais para ela e disse para ela entrar. Ficou lá algumas horas e depois mandei ela se deitar para descansar.

Ainda estou pensando na punição na qual ela será submetida porém estou esperando ela se recuperar desse dia para depois aplicar a punição.

Aguardo comentários sobre este relato 100% real. Caso tenham interesse em entrar em contato para praticar exibicionismo ou bdsm juntos basta enviar um e-mail e comentar o relato.

"Minha esposa aliene adora andar com o rabo empinado"

Procuro homens bem dotados para estuprarem ela, ou seja obriga-la a fazer sexo brutal contra sua vontade momentânea.
Claro que iremos fazer um documento primeiro dizendo que é tudo consensual mesmo que ela não queria no momento exato para não ter risco de acarretar problemas judiciais depois para nenhuma das partes. Aguardamos contato! Obrigado